Preenchimento com ácido hialurônico: tudo o que você precisa saber

Substância ameniza marcas de expressão, aumenta os lábios e ainda hidrata a pele.

 

A gente começa este artigo com algo que nem todo mundo sabe: nós temos ácido hialurônico em nosso organismo! É ele o responsável por manter a saúde das articulações e tecidos. Por isso, a cosmetologia o insere em muitos produtos para cuidados faciais.

Porém, a má notícia é que com o passar do tempo, o temido envelhecimento faz com que a quantidade desta substância diminua, motivo pelo qual as marcas de expressão se intensificam e os volumes de determinadas áreas da face são reduzidos.

Cada vez mais popular, o preenchimento facial com ácido hialurônico vem ganhando adeptos por haver poucas contraindicações. O alerta fica para gestantes, lactantes e portadores de doenças autoimunes, que devem evitar o procedimento.

Devido a sua capacidade de atrair água para o local onde foi aplicado, o ácido hialurônico preenche o espaço entre as células, contribuindo tanto para a amenização das rugas quanto para a hidratação da pele.

 

Como é feito o preenchimento facial?

O procedimento deve ser realizado com um especialista em harmonização facial. É realizada anestesia local ou simplesmente tópica. Para preenchimento dos lábios, o profissional geralmente faz um bloqueio anestésico, o mesmo realizado em procedimentos odontológicos. Após anestesia, é então injetado o ácido hialurônico na região a ser preenchida.

 

Onde posso aplicar ácido hialurônico?

Algumas regiões estão entre as preferidas por quem busca o procedimento:

– Lábios:

Os lábios mais carnudos tendem a chamar mais atenção. Quase todo mundo busca uma boca semelhante à de Angelina Jolie, atriz norte-americana ícone de beleza. Pode-se injetar ácido hialurônico tanto nos lábios como também no contorno deles.

 

– “Bigode chinês”:

Popularmente conhecido como bigode chinês, o sulco nasogeniano é o nome dado às linhas de expressão mais profundas que vão das narinas aos cantos da boca. Às vezes, elas conferem aparência triste à face, sendo observadas ainda que em repouso. Nestes casos, a aplicação do ácido hialurônico é feita em toda a região, do início ao fim.

– “Linhas de marionete” e “código de barras”:

As linhas laterais formadas entre os lábios e o queixo, conhecidas como “linhas de marionete”, e também os risquinhos entre o nariz e o lábio superior (código de barras) são marcas da face que podem ser amenizadas com ácido hialurônico.

 

– Outras aplicações

Sempre sob o aval de um especialista em harmonização facial, há outras regiões em que o ácido hialurônico pode ser aplicado, como o contorno da mandíbula e o nariz.

 

Resultados e duração do efeito

Os resultados do preenchimento fácil com ácido hialurônico são imediatos, aparecendo logo após a aplicação. No entanto, é preciso considerar que assim que finalizado o procedimento, a região fica inchada, o que não deve ser confundido com excesso da substância.

O organismo vai reabsorvendo o ácido hialurônico naturalmente. Em geral, ele apresenta resultados visíveis por um período de 12 meses, podendo variar a cada paciente.

 

Não confunda!

O ácido hialurônico é diferente da toxina botulínica. Enquanto o primeiro preenche, garantindo a maleabilidade da região, o segundo age para paralisar o músculo, por isso jamais deve ser aplicado em uma região como os lábios, por exemplo. Na dúvida, contate sempre um especialista Odonto Med.